Educação ambiental é enredo de carnaval nas escolas da rede municipal de ensino de Belém

• Atualizado há 3 semanas ago

Os alunos das escolas municipais de Belém brincam o carnaval, reaproveitando e produzindo fantasias e alegorias com materiais reciclados coletados na comunidade. Nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, ocorre a festa de carnaval nas escolas da rede municipal e, durante toda a semana que antecede o evento, os estudantes estão tendo aulas, palestras e oficinas, que mostram a importância da reciclagem de material, que antes era jogado no lixo e agora é usado na preparação da brincadeira de carnaval, juntando diversão com responsabilidade ambiental.

A equipe pedagógica da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Walter Leite Caminha, no Bengui, preparou uma programação que está movimentando todos os turnos e turmas, da Educação Infantil a Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai).

Na última segunda-feira, 5, foi realizada uma palestra de conscientização ambiental; nos dias 6, 7 e 8 houve coleta de material reciclado e confecção de fantasias; e na sexta, 9, ocorrerá a grande festa de carnaval, com o desfile dos blocos de cada turma dentro da escola.

Cultura e sustentabilidade

“Nós trabalhamos não só a parte cultural do carnaval, mas a questão da sustentabilidade. A partir desta ideia, coletamos, com os estudantes, materiais que iam antes para o lixo, como garrafa pet, disco de vinil e CD, caixas de papelão e várias outras coisas, para montar nosso carnaval”, explica o professor de Arte da escola Walter Leite, Carlos Augusto Oliveira.

O Rhyan Lucas Costa, 8 anos, estudante do 4º ano da escola Walter leite, não conseguia esconder a alegria e mostrava para os amigos a fantasia que fez, usando garrafas pet. ” Eu montei uma mochila a jato, ficou muito bonita. Usei garrafa pet, pedaços de TNT e tinta guache”, contou o aluno.

Já a estudante Iasmin de lima, também do 4° ano, achou melhor reaproveitar a fantasia de bailarina do ano passado. “Aprendi que reaproveitar também ajuda o meio ambiente, aí peguei a fantasia de bailarina do ano passado que ainda cabe em mim”, disse.

Quem também está a todo vapor na preparação da festinha de carnaval é a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Venuzina Marinho de Souza, no bairro da Cremação. Usando o tema  “Carna Vena 2024 Incentivando a Sustentabilidade na Folia”, a equipe pedagógica da escola e as famílias dos estudantes da educação infantil estão confeccionando as fantasias com o material reciclado, que os pais estão ajudando a coletar.

Concurso

Pra incentivar a criação das fantasias, no dia do bailinho de carnaval, na sexta-feira, 9, será feito um concurso de melhor fantasia reciclada. “Aqui na escola está todo mundo empenhado em fazer uma brincadeira de carnaval com  responsabilidade ambiental. Além do nosso quadro pedagógico e dos estudantes, nós também chamamos a comunidade para trabalhar juntos. Isso porque é importante que todos que fazem a escola criem uma consciência de preservação da natureza”, explicou Lucelina de Souza Lima, coordenadora da EMEI Venuzina.

“O carnaval, este ano, é realizado de forma colaborativa entre a Prefeitura e as agremiações carnavalescas”, comentou o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues. “E será um carnaval sustentável, com os adereços ecológicos, à altura da importância que os desfiles têm na nossa cultura”, completou. Por isso, assim como na festa de carnaval do município, todas as programações realizadas pelas escolas da rede municipal de ensino também são pautadas com o tema da responsabilidade ambiental.

Texto:

Luis Miranda

Veja também

Skip to content